sexta-feira, 2 de novembro de 2007

Sombra, luz e borboletas...




Eu quero dentro de mim,
tudo que puder guardar
e quero o que souber esquecer
e tudo que conseguir lembrar.
Eu quero sal e açucar,
quero tristeza e astúcia,
quero meninas fazendo tranças.
tricot, versos ... Tenerife.
Quero beijo de sapo,
de príncipe e de patife.
Quero dentro de mim,
fogo, gelo, inspiração,
devaneios, tolerância,
saudades, lembranças...
Quero sombra e luz.
E borboletas... Azuis.
Quero mágoas perdoadas,
águas roladas, pedras...
no caminho, para chuta-las.
Quero estradas e tempo.
Quero mel e quero mais!

2 comentários:

  1. Também quero!!!
    Sempre lindos seus textos Rita. Adoro todos!

    ResponderExcluir
  2. Eu quero mágoas perdoadas...

    ResponderExcluir

Pode comentar... E obrigada pela companhia!